Entregue-se ao Incerto

20 jul

56502374, James Endicott /Stock Illustration Source

     Incerteza. Sua espinha gelou? Relaxe, você faz parte de, provavelmente, 98% da população mundial que tenta a todo custo manter o controle sobre sua vida e, muitas vezes, também sobre a vida dos outros. Agora, me responde honestamente: você consegue obter 100%, ou ao menos 60%, de sucesso na sua batalha? Se a resposta for sim, parabéns! E, por favor, publique sua resposta contando para nós, réles mortais, como você consegue essa proeza. Se a resposta for não, seja bem-vindo ao clube e saiba que você pode fazer da incerteza sua aliada, ao invés de sua inimiga.

      Deepak Chopra, médico indiano, autor internacional e um dos meus principais professores, afirma que todo medo, do mais trivial possível ao mais complexo, sempre tem sua origem no medo de morrer. Exemplos? Você teme perder o emprego porque tem medo de não ter dinheiro, perder seus bens e morrer de fome ou sem abrigo. Você tem medo de altura (ou avião) porque teme cair e morrer. Você tem medo de ficar sozinha (o) e morrer na solidão. Você tem medo de cobra porque ela pode te picar e adeus vida… Para mim faz muito sentido! E te convido a começar a analisar seus medos. E se questionar se eles são mesmo reais (ou seja, se você vai mesmo morrer por conta deles). E o que medo tem a ver com incerteza? Tudo! Incerteza está tão agarrada ao medo quanto carrapato em cavalo mal cuidado.

      E como usar a incerteza ao seu favor? Bem, vamos analisar a natureza: você acha que a árvore se estressa por não saber se vai chover quando percebe que a época da seca está chegando? Você acha que os pássaros tem pressão alta quando o inverno chega e não existe mais comida para eles? Ou acha que as flores tem um ataque de nervos quando percebem que vão murchar e morrer logo mais?

      Não meus amigos! Eles se adaptam à realidade. A árvore liberta todas as suas folhas (estocando nutrientes para sobreviver até a próxima estação) e sabe que ficará feinha por alguns meses para depois florescer ainda mais bela. Os passáros migram para áreas mais quentes e prósperas em alimento, fazendo da mudança de casa uma grande aventura e um lindo processo de companheirismo. As flores sabem que sua função é espalhar o pólen pela terra e criar novas plantas ou então dar lugar ao fruto, ao alimento, e se entregam passivamente à morte. Não é maravilhoso? Eles não lutam contra, eles trabalham em conjunto com as incertezas e adversidades que aparecem.

      Sempre que encontrar um situação incerta em sua vida, tente encará-la como uma oportunidade de aprender e fazer algo de maneira diferente. Toda incerteza é uma oportunidade de criação. Criar algo novo, que pode florir e dar frutos; que pode te fazer perder “folhas”, mas logo voltar a florescer; ou que pode te fazer migrar para um lugar muito mais prazeroso. É só uma questão de mudança de perspectiva! Lembre-se que somos parte da natureza e que, se aprendemos a fluir dentro dos nossos ciclos internos, tudo acontece de maneira mais fácil e suave. Transforme a energia do medo em coragem para seguir em frente e encarar o novo com postividade.

      Eu sempre fui uma control-freak. Tentava controlar não só a minha vidinha, mas a das pessoas que amava, trabalhava ou convivia. Sempre lançando críticas ao norte e sul e vomitando conselhos e regras ao leste e oeste. Era o medo de me entregrar ao incerto. E quem era a mais prejudicada com isso tudo? Eu mesminha!! Quanta energia desperdicei à toa! Graças a Deus passei por situações desafiadoras que me levaram a buscar me aprimorar, me transformar e ser mais flexível e compreensível comigo mesma e com os outros. E com isso veio muito contentamento e paz.

      Entre as lições que aprendi está a de abraçar a incerteza e me entregar a ela principalmente quando quero muito alguma coisa. Garanto que já tive e sigo tendo resultados milagrosos! Já recebi de presente muitas coisas que desejava porque acreditei que elas chegariam até mim na hora certa! E sigo acreditando. Então meu conselho é: faça sua parte da melhor maneira possível (não adianta só desejar e ficar deitada (o) no sofá), e entregue o resultado ao Universo. Se desapegue do controle. Se algo totalmente diferente chegar até você, abrace essa incerteza e saiba que ela é um presente para você aprender e crescer! Faça do limão não uma limonada, mas um delicioso e refrescante mousse de limão!

      Um terapeuta muito querido costumava me dizer que podemos aprender pelo amor ou pela dor. Eu aprendi muito pela dor, mas divido com você meus aprendizados na esperança de que você aprenderá com minha experiência (que segue evoluindo, não sou perfeita e nem tenho a pretensão de ser) e não precisará passar pela dor… Esse é meu desejo, mas entrego o resultado ao Universo! Beijo no coração e Namastê.

Anúncios

3 Respostas to “Entregue-se ao Incerto”

  1. Helga 20 de julho de 2010 às 5:51 pm #

    Oi Lívia, nem a conheço mas gostaria que soubesse que já a admiro muito! Gostaria que soubesse que sigo a mesma linha de pensamentos e que seus posts são sempre muito úteis e chegam sempre em boa hora! Obrigada e tomara que você continue dividindo seus pensamentos sempre. Com certeza isso nos faz muito bem! Abraços

    • Lívia Stábile 21 de julho de 2010 às 3:25 pm #

      Helga fico feliz em saber que temos algo em comum! Isso mostra que estamos conectadas, mesmo sem nos conhecermos fisicamente!!! Obrigada por ler!! Beijo grande!

  2. Fabiana Marques 21 de julho de 2010 às 7:34 pm #

    Amiga, eu sou sua fã. Especialmente porque eu acompanhei sua evolução, que é a coisa mais incrível de se ver! É uma honra pra mim dividir esse espaco com você! Te amo. Beijos

    Hel, to adorando vc participando, ficamos mais proximas. Bjinhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: