Se vira nos trinta (e dois)

24 nov

Aos vinte e poucos anos eu imaginava que virar balzaquiana seria o máximo. Achava que ao completar trinta anos automaticamente me tornaria uma mulher madura, sábia e preparada para a vida.  No fundo, aos 20 e poucos anos a gente acha que os trinta não vão chegar nunca ou, no mínimo, que vai demorar muito.

Mas a gente se engana. E sem perceber amanhã já estou fazendo 32. Passei os últimos dois anos tão ocupada parindo, cuidando da cria, mudando de cidade/profissão e tendo crisezinha existencial que simplesmente não vi esses meus primeiros anos na década dos 30 passar! Sério. Como eu cheguei até aqui?

Envelhecer não me assusta. O que me causa espanto é o quanto ainda sou imatura e infantil em muitas coisas. Em geral, gosto da ideia de ser uma balzaca.  Tiro bom proveito da minha experiência, me saio melhor em situações que antes me aterrorizavam, sei quem são meus amigos de verdade e, principalmente, me conheço muito bem ( o que às vezes é dolorido).

Até fisicamente não estou descontente. Lógico que ninguém em sã consciência fica feliz com a ação da gravidade em seu corpo, os cabelos brancos aparecendo e nem com aquelas marquinhas de expressão do lado da boca quando sorri. Mas com essa idade a gente já sabe valorizar o que tem de melhor. Olhei umas fotos minhas antigas anteontem e olha, apesar do corpinho de 18 e pele lisinha, sou mais eu hoje. Pelo menos agora eu sei me vestir. E pentear o cabelo. E me maquiar. Faz TODA a difereça e as fotos provam isso. Socorro.

Antes do Gael nascer, meu aniversário era o dia mais importante do ano (agora é o segundo dia mais importante, ok?). Eu sempre gostei muito de comemorar.  Algumas vezes cheguei a celebrar em Rio Preto, São Paulo e Ribeirão.  E ficava muito p da vida com quem se esquecia da data. Mas as coisas mudam. Ainda adoro fazer aniversário ( tá vendo como sou infantil?) e receber ligações, emails, sinal de fumaça. No entanto, agora entendo quando as pessoas esquecem ( eu também esqueço) e já não tenho mais aquele pique pra festa.  Será que estou ficando velha? Não precisa responder!

Anúncios

3 Respostas to “Se vira nos trinta (e dois)”

  1. Lívia Stábile 25 de novembro de 2010 às 3:13 pm #

    VElha não amada! Vc está ficando Sábia, o que é bem melhor!! Agora que você tem a consciÊncia que não estava consciente dos 30, passe a observar mais! A se observar mais! Depois conta o que descobriu!! Que Deus siga te iluminando e guiando!! E o GAel também!! Te amo muito!

  2. Lívia Komar 25 de novembro de 2010 às 3:22 pm #

    Nós balzaquianas temos o poder. Parabéns, queridona!

  3. Fabi Marques 25 de novembro de 2010 às 6:10 pm #

    Obrigada Livias, rs. Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: