Tchau, preguiça.

11 abr

Até os 18 anos eu fiz um pouco de tudo. De ballet clássico a capoeira. Não era uma esportista, mas era fisicamente ativa. Até que mudei para São Paulo e entrei na faculdade. Desde então jamais consegui fazer qualquer atividade física por mais de três meses. Então posso dizer, sem nenhum orgulho, que há 15 anos sou uma pessoa sedentária ( yoga não conta como atividade física né?).

Fiquei bem assustada quando parei pra fazer essas contas. É praticamente metade da minha vida! Muita coisa né? Em 2008 eu encanei que queria ter o corpo da Flávia Alessandra naquela novela que ela fazia pole dance. Me matriculei na melhor academia, com personal e tudo. E levei a sério. Mas no terceiro mês engravidei. E aí… Foi a melhor desculpa que poderia ter encontrado.

A verdade é que  a natureza foi generosa comigo e (quase) sempre fui magra sem esforço, o que estimulou a preguiça. Mas… a idade bate, o espelho não mente e se até o meu marido começou a me dar nota 8 ( ao invés de 10 com louvor) acho que passou da hora de tomar a tal da vergonha na cara. Isto decidido, parti para eliminação:

 Academia : nem morta.

Correr: só se for atrás do Gael.

Natação: legal, mas destrói meu cabelo.

Esportes coletivos: um pouco tarde pra começar.

Tênis: tédio.

Pilates:  Madonna… Corpão… Alongamento! 

Lá vou eu para mais essa empreitada. Na primeira aula cheguei um pouco atrasada. Todas as senhoras já estavam deitadas no chão. Faixa etária das minhas colegas 50, 60 anos. Ok, sem preconceitos. A professora não fez muita questão de socializar e me deixou descobrir sozinha onde sentar, onde encontrar os elásticos, pesos e bolas. Ok, não sou mesmo muito social. Mas sou meio descoordenada pra exercícios, pelo menos nas primeiras aulas. Não consigo só ouvir as instruções, preciso ver. E essa professora é gringa. Primeiramente achei que ela estivesse falando português de Portugal. Mas não, era português com espanhol. E não dava para entender nada. E olha que  hablo español. Mas aquilo era uma língua à parte. Enfim, precisei ficar com a cabeça levantada o tempo todo acompanhando as instruções visualmente e copiando as tiazinhas.

Nos exercícios mais complicados, enquanto eu bufava e me contorcia de dor, minhas colegas sorriam para mim, condescendentes. E a professora só se aproximava de mim para corrigir minha postura, brusca. O que me deixava em pânico, já que ela sempre me dizia algo que eu não conseguia entender e consequentemente não executava.  Passei uma hora tensa, saí da aula moída, suada e surpreendentemente satisfeita. 

Eu adorei pilates. Faço yoga há três anos e encontrei diversas similaridades entre as duas práticas. Apesar das dificuldades iniciais, não vi o tempo passar ( tem coisa mais insuportável que ficar olhando de 5 em 5 minutos para o relógio para a aula acabar?) e senti meu corpo todo trabalhado. Resumindo, acho que encontrei finalmente a atividade que combina comigo! E estou aqui assumindo um compromisso público de me exercitar por mais de três meses.

Que Deus me ajude! Tchau preguiça!

Anúncios

8 Respostas to “Tchau, preguiça.”

  1. maria amália de azevedo marques fioratti 11 de abril de 2011 às 10:49 pm #

    Oi, Fabiana, adorei seu post sôbre sua nova atividade física, o pilates. Ando muito parada fisicamente, (e olha que sou dessa área!)meio desmotivada p/ academias/desfiles… me diz onde é essa aula, até porque estou na turma das “tiazinhas”, como você disse.
    Um beijo

  2. Abner 11 de abril de 2011 às 11:17 pm #

    Onde você tá fazendo, Fá?

    • Fabi Marques 11 de abril de 2011 às 11:23 pm #

      Na Recra honeyzito. vamos?

      • Abner 11 de abril de 2011 às 11:37 pm #

        Se eu não desse aula até às 21h00, encararia!

  3. lu trevejo 12 de abril de 2011 às 1:10 am #

    como vc mesma lembrou, acaba de assumir um compromisso em público….
    Nao desista . Quem sabe eu tb me animo???
    Bjaooo

  4. Kelly Passos 12 de abril de 2011 às 1:16 pm #

    Oi Fabiana, adorei o texto…nessa nossa vida de correria, nada que um exercício pro corpo e a consciência se manterem leve… e quando tiver com muita preguiça de ir pra aula, veja este vídeo….você vai sair correndo!! rsrsrs http://www.youtube.com/watch?v=5yiYyMNuIW0

    Abs, Kelly

  5. Roberta Barbosa 12 de abril de 2011 às 9:58 pm #

    Pilates é mesmo fantástico, Fá… assim como esse seu texto. Adorei! Beijo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: