Somos todos Tensos-Compulsivos

5 maio

Se você conhece bem uma dessas sensações: ombro tenso, garganta seca, estômago queimando, testa franzida, pescoço dolorido, constipação, lábios pressionados, coluna cheia de pequenos nódulos, insônia, irritabilidade; seja bem-vindo (a) – você faz parte do Grupo Não-Anônimo Tensos Compulsivos (GNATC). Vivemos em um mundo onde para “ser alguém (de “valor”)” temos de estar constantemente tensos. Sim, porque se você está relaxado meu amigo, você não está trabalhando o suficiente, ou não está realizando nada que lhe traga posses, títulos, poder ou notoriedade. Se você está relaxado, companheiro, você é um vagabundo!

Exagerei? Não acho não. Entramos em um vício louco de nos estressar continuamente para poder provar pra gente mesmo (e, principalmente, para os outros) que somos alguém, que temos valor… Exemplo? Desespero nos primeiros dias de férias. Alguns pensam que vão perder o trabalho quando voltar das férias (porque a empresa percebeu que pode viver muito bem sem sua presença); outros perdem sua identidade, pois se vêem somente como trabalhadores, e por aí vai. Criamos essa idéia coletiva de que para se trabalhar (ou estudar) bem, para atingir algo, tem de ser com muito estresse, muita tensão, muito drama, caso contrário não é tão importante.

E quem paga o preço caro leitor? Você! Isso mesmo, com essa idéia maluca que a sociedade criou e você aceitou e acatou total, você está destruindo não só sua sanidade mental, mas também seu corpo físico. Doenças crônicas, doenças do coração, diabetes, câncer, pressão alta, tendinite, os famosos piripaques sem diagnóstico, gastrite, etc, todos eles agradecem seu estresse. E, até onde eu sei, tensão e estresses não são garantia de riqueza, poder e glória. Mas são garantia de visitinhas periódicas ao médico! Oh se são!

Se você acha que você só está atingindo algo ou sendo alguém quando você está transbordando de estresse, cansaço e tensão, é hora de começar a rever seus conceitos. Quanto mais estresse, mais bloqueamos as energias do nosso corpo e, principalmente, as energias da vida. E está mais que provado que relaxamento aumenta criatividade, memória e funções executivas do seu cérebro, o que significa que você tem uma capacidade muito maior de racionalizar problemas e encontrar soluções inovadoras na vida e no trabalho.

Uma ditado muito antigo diz que “Felicidade é o estado de total relaxamento”. Eu concordo total (mas assumo que tenho minha carteirinha do GNATC, apesar de estar tentando me “desfiliar” dele)! Então, tente RELAXAR enquanto você vive seu dia. Respire fundo muitas vezes sempre que um desafio novo aparecer. Quando respiramos profundamente e lentamente estamos ativando nosso Sistema Nervoso Parassimpático, responsável pelo relaxamento.

Ele também guarda nossa energia para momentos onde ela realmente é importante. Ele ainda ativa nossos hormônios sexuais, regula os hormônios do sono, libera hormônios rejuvenescedores, acalma o coração, a pressão, melhora a digestão… Enfim, quanto mais você ativá-lo, mais você estará sexualmente satisfeito (a), mais jovem, mais relaxado (a), mais magro (a) e dormindo muito como um anjinho. Quer coisa melhor? Ah, e sem querer fazer muita propaganda: ele também é ativado durante a yoga,  meditação, massagem, reiki!

Então é isso. Reveja seus conceitos e veja o quanto essa tensão/estresse tem te ajudado. Caso não esteja ajudando, reveja sua rotina, sua visão sobre o mundo, sua visão sobre você mesmo! Mude seus hábitos, mude seus pensamentos e, consequentemente, mude sua vida! Lembre-se, você é o responsável por sua realidade! E torná-la mais leve e agradável é de total responsabilidade sua! E vamos todos cancelar nossa filiação com GNATC!!! Beijo grande e Namastê!

Anúncios

2 Respostas to “Somos todos Tensos-Compulsivos”

  1. Telme 5 de maio de 2011 às 1:22 pm #

    Adorei Livia! Namaste amiga querida

  2. lu trevejo 5 de maio de 2011 às 3:19 pm #

    SOU RÉU CONFESSA:
    ESTAVA NO MEIO DE UMA FAXINA DO MEU GUARDA ROUPAS.
    PAREI, ABRI UMA LATINHA DE COCA ZERO E UM SAQUINHO DE AMENDOIN E AGORA TO AQUI, DE SACO SOLTO!
    VEM PRA CÁ, MUIÉ, PRA ME AJUDAR A NAO FAZER NADA!
    AMEI, LIVIA.
    BEIJOCA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: