São Paulo: a cidade onde posso tudo

28 set

Fala aí se essa foto não é perfeita?

Estou aqui sentada no mesmo lugar que escrevi o primeiro post do meu primeiro blog, quase 10 anos atrás. No mesmo apartamento.

Engraçado, toda vez que venho a São Paulo faço uma questão quase doentia de passar por aqui. Nesse pedacinho da região da Paulista, da alameda Campinas até o Shopping. É como se eu olhasse para os lados e pudesse me encontrar logo ali, andando. São Paulo me desperta uma puta saudade de mim mesma. Quero re-experimentar as sensações que eu tinha. Os cheiros, gostos, sabores.

São Paulo me inspira de um jeito.  Quero ver tudo e todos, mas também quero ficar sozinha. Porque aqui eu não fico sozinha, eu fico comigo. E dá vontade de me trancar num quarto com vista para o prédio vizinho,bem cinza,  e ficar quatro dias escrevendo, sem dormir. E depois dá vontade de viver a vida intensamente.

E nem posso dizer que quando morava aqui era a pessoa mais feliz do mundo. Não era. Eu era bem instável, bem perdida. Mas eu não me desesperava,  porque eu podia tudo. Em São Paulo a gente tem essa sensação, de poder tudo. Então eu nem tinha muita pressa em arrumar o emprego dos meus sonhos,  escrever meu livro,  ir àquela peça de teatro. Porque cada amanhecer trazia um dia novo e cheio de oportunidades. Todas as oportunidades do mundo. Então, ter pressa para quê? Eu não vou sair daqui mesmo.

Só que eu saí. Fui embora. E foi assim, de repente. Quer dizer, eu decidi mudar, e dali duas semanas recebi uma ligação dizendo: você tem que mudar segunda-feira. Então eu já não podia mais tudo. E foi bem difícil acostumar.

Aí você se pergunta: por que diabos você não volta para São Paulo ?

E eu me fiz a mesma pergunta recentemente. E levei a questão ao meu marido. Consideramos a possibilidade. E me bateu pânico. Pois é, pânico. Deixa eu tentar explicar. É como se o amor da sua vida reaparecesse depois de anos, querendo casar com você. Justamente quando você tivesse desencanado, e estivesse bem feliz , e com outro. É uma analogia meio tosca, mas para mim é perfeita.

Então ficamos assim, São Paulo e eu: vivendo nosso caso de amor mal resolvido à distância.

Não vamos mudar para cá. Afinal, estou feliz. E com outro.

Anúncios

3 Respostas to “São Paulo: a cidade onde posso tudo”

  1. Fabíola Oliveira 29 de setembro de 2011 às 10:11 am #

    Vc é sensacional !!!!
    Adoro seus post.
    Parabéns !!!

    • marle-Maria Leonor 30 de setembro de 2011 às 11:36 pm #

      que lindo o seu texto
      cheguei a viajar com vc pelo seu mundo são paulo ;e que bom que vc chegou aqui
      e que bom tb , que gosta da gente .que decidiu ficar .
      sabe linda ! a gente nunca sabe onde a vida nos leva.; mas a gente vai aprendendo a levar a vida
      e que a sua seja muito feliz
      Deus te abençoe
      beijos
      tia neguinha

  2. pin 5 de outubro de 2011 às 6:02 pm #

    texto gostoso sobre um dilema gostoso! beijos, pin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: