Três anos em mil

9 mar

Meu pequeno grande amorMal posso acreditar, mas o meu bebê está fazendo três anos. E sejamos realistas, ele não é mais um bebê. Passou rápido demais. Foram 1096 dias tão intensos que já nem lembro como era minha vida antes de Gael. Hoje um molequinho esperto e metido a independente que tem voz e vontade próprias.

E isso muda absolutamente tudo! Como é gostoso ouvi-lo falar palavras difíceis (errado, claro, mas nem corrijo porque é fofo demais) ,  formular raciocínos e fazer perguntas, muitas perguntas. Nossa vida ficou tão mais fácil desde que aposentei minha bola de cristal e não preciso mais adivinhar o que se passa em sua cabecinha. Nos últimos meses finalmente passei a enxergá-lo como um serzinho e não como um prolongamento de mim.

Até porque somos muito diferentes. Ele está sempre bem-humorado e disposto a fazer amizades. Não passa por ninguém sem desejar bom dia ou dizer “ oi, tudo bem?”.  ( Digamos que eu não sou conhecida pelo meu bom humor). É muito atento aos detalhes,  do tipo que nota se você está de sapato novo, ( enquanto eu demoro meses para notar qualquer tipo de mudança na minha própria casa) e preocupado com a felicidade dos que o cercam.

Incansável, é capaz de passar duas horas ininterruptas correndo pelo clube e chegar em casa ainda querendo brincar  de esconde-esconde. Difícil é convencê-lo de que está na hora de dormir. Isso não acontece sem que eu conte ao menos uma história e cante duas músicas. Mas o Universo é tão maravilhoso que, apesar de me mandar um moleque dos mais agitados e sapecas, o fez carinhoso como jamais  sonhei. Do tipo que segura minha mão sem motivo aparente e me acorda com beijinhos ( tá, tem dias que me acorda com tapões também). E me faz sentir a pessoa mais amada e completa do mundo. Meu amigo, meu companheiro.

E eu, que sempre acreditei que realizaria coisas grandiosas e  deixaria um legado para o mundo, tenho hoje a certeza de que já fiz a coisa mais importante da minha vida, que é ter colocado o Gael no mundo. Ele é o meu maior e melhor legado.

Tenho como missão educá-lo para fazer a diferença nesse mundo doido em que vivemos. E é libertador levantar os olhos e parar de mirar no meu próprio umbigo. Que responsabilidade gratificante é olhar para frente e ajudar o meu molequinho a construir um futuro feliz. E eu, sinceramente, não desejo mais nada além disso.

Feliz aniversário, meu príncipe. Meu mundo é um lugar melhor por causa de você!

Anúncios

8 Respostas to “Três anos em mil”

  1. Helga 9 de março de 2012 às 9:29 am #

    Fabi, parabéns pelo filhotinho, compartilho de suas alegrias e sei bem o que passas, muito bom, simplesmente me sinto parte do mundo, sei que tem alguém que precisa de mim, este sentimento preenche a alma.. se fossemos todos preenchidos por este sentimento não teríamos tantas babraridades neste mundo!!!! Curta muito e que Deus acompanhe a vc e sua linda família bem de pertinho sempre!!! beijos amiga!!!

    • Fabi Marques 9 de março de 2012 às 12:13 pm #

      Obrigada querida, beijos

      • frederico tebar 10 de março de 2012 às 2:02 am #

        Fabi parabéns pelo Gael. Fiquei feliz em ler seu relato! Beijossss

      • Fabi Marques 13 de março de 2012 às 10:25 pm #

        tks amigo

  2. sueli 17 de março de 2012 às 6:27 pm #

    Fabi- compartlho com vc este “” sentir”‘ .Quem opta por não ter filhos -o que é muito justo- vai viver este sentir de outra formas ,vindo de outras fontes, mas incondicional como este …só para os iluminados!!BJS!!!

  3. Eliane 7 de agosto de 2012 às 6:19 pm #

    Olá, Fabi,
    Meu nome é Eliane, li seu artigo na ocasião, enviado por um amigo. Ele me emocionou muito pois, veja você, eu também tenho um pequeno Gael em casa. Este mês o meu Gael vai completar 3 anos e, relendo o seu artigo, pude perceber o quanto compartilho os mesmos sentimentos. Abraços,
    Eliane, mãe do Gaël.

    • Fabi Marques 8 de agosto de 2012 às 11:15 am #

      Que bom Eliane. Ser mão de uma Gael é uma benção né? Rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: