Tag Archives: energia

Você nasceu pra quê?

5 nov

Você sabe qual é sua função aqui na Terra? Eu nasci para ajudar! Como posso ter certeza? Porque nada me oferece mais realização pessoal e conexão com algo superior (e divino) do que os momentos em que estou ajudando o próximo. Segundo a filosofia oriental, e entra aí Yoga e Ayurveda, todos nós nascemos com um objetivo de vida, com alguma (ou algumas) capacidade especial onde temos uma maneira única de expressá-la. Nos sentimos muito mais completos quando descobrimos nosso Dharma, ou, em Sânscrito, propósito de vida! Você sabe o seu?

Além de ser o seu propósito de vida, seu Dharma também é a maneira que você tem de ajudar a humanidade! Exagero? Claro que não! O Dharma da Ivete Sangalo é cantar e trazer alegria para seus fãs. O Dharma do Senna era correr e trazer o exemplo de disciplina, determinação e esperança para os brasileiros. O Dharma de um garçom é servir seus clientes com amor e receber respeito e consideração de volta. O Dharma de uma decoradora é trazer beleza e harmonia para as casas. O Dharma de um profissional de TI é criar ferramentas que facilitem a vida dos trabalhadores… Eles todos  encontraram seus propósitos de vida e por isso sentem-se (ou sentiam-se) realizados. 

Seu Dharma também pode ser um hobby e não sua principal profissão. Exemplo: você adora pintar quadros e dar suas pinturas de presente (embelezando casas); ou você ama cozinhar e reunir amigos e família (criando tardes ou noites especiais). O importante é descobrir o que te oferece um intenso prazer e satisfação. Tipo, aquilo que você simplesmente perde a noção do tempo quando está fazendo! Pode ser uma ou várias coisas, mas esteja certo que só você sabe fazer essa coisa de forma tão especial e ela é, de alguma forma, um serviço para a humanidade (no sentido micro e macro).

Quer saber como descobrir seu Dharma? Comece observando quais são as atividades que você mais gosta de fazer! As que você esquece do tempo! Atividades onde você produz algo ou divide seu tempo com alguém e sempre tem como resultado satisfação para você e para o outro! Por mais boba que ela possa parecer, estou certa de que é benéfica a você e a mais alguém e isso basta!! O mais interessante é observar que, quando estamos cumprindo nosso Dharma, a vida se torna mais leve, mais fluída e gostosa de viver! (Como nesse exato momento, onde estou escrevendo esse texto e expressando outro Dharma que se une ao principal de ajudar)Mas não se pressione! Estamos todos aqui em busca do nosso Dharma e muitos levam décadas (ou outras reencarnações) para descobrir!

Eu recebi a benção de saber que adoro ajudar! Não importa como, mas principalmente servindo como uma boa ouvinte e como uma espécie de guia onde, munida com meus conhecimentos, ajudo a pessoa a se reconectar com sua inteligência maior, aquela que vem do coração, da alma, e lhe traz de volta o equilíbrio e a alegria genuína! Sei que posso ajudar usando diversas ferramentas, como Yoga, meditação, Ayurveda, os florais que faço tanta propaganda, ou com muita conversa! Sei também que cada um tem seu tempo (inclusive eu!) pra crescer e florescer! Estamos todos no mesmo processo de auto-conhecimento e crescimento! E essa é a mágica e beleza da vida! 

Seguir meu Dharma me dá energia, curiosidade, alegria e paz interna! Peço diariamente para que minha vida seja guiada por meio dele e sei que ela é! A dica está dada então! Observe o que te dá muito prazer e contentamento e observe como nesses momentos você é muito mais que um ser humano: você sente-se (e é) um ser espiritual vivendo uma experiência humana! Essa é outra dica MEGA importante: somos, na verdade, seres espirituais tendo uma experiência humana e não humanos em busca de experiências espirituais! Te confundi? Ótimo! Pense a respeito! E siga seu Dharma! Beijo no coração e Namastê!!

He-Man já sabia: eu tenho a força!

17 set

Você é muito poderosa (o). É, você mesmo! Não precisa olhar pra trás pra checar se eu estou falando com outra pessoa nem precisa franzir a sobrancelha com expressão de interrogação: você tem muito poder e, ao se dar conta disso, pode usá-lo ao seu favor ou contra você! Como assim eu tenho muito poder, você pergunta? Bem, cada pensamento que você tem, cada palavra que você fala, cada atitude que você toma causa uma movimentação de energia e informação no ambiente, um impacto tremendo na sua vida e na vida daqueles ao seu redor (por menor que pareça ser). E, vou te contar um segredo que todo bom guru, sábio e iluminado sabe: tudo nessa vida é energia e informação em diferentes formatos e nós manipulamos esses dois elementos o tempo todo.

      O que eu quero dizer com isso? Bem, de acordo com a física quântica (filosofia mais atual) e com livros espirituais com mais de milhares de anos, nós (humanos), assim como uma pedra, uma cadeira, uma flor e seu cachorro, somos energia e informação materializados. Logo, o que nos diferencia da pedra, da planta e do fofo do seu cachorro é o grau de consciência que nós temos, que no caso é bem mais desenvolvido que o deles, mas não mais especial! Por que não mais especial? Porque o que seria do planeta sem flores, cachorros ou até mesmo pedras? Chato com força né! Tudo tem sua razão de ser e existir! Então, somos todos milagres de algo maior que não sabemos muito bem definir (você pode chamar de Deus, Inteligência Cósmica, Universo), mas que nos permite viver, aprender e transformar diariamente!

      Tendo dito isso, você é esse amontoado de energia e informação e pode fazer com essa dupla o que bem entender! Se você resolver ser um sábio em algum assunto, vai estudar (informação) e experienciar (criando energia) aquilo que você pretende dominar, transformando sua vida e alcançando assim seu objetivo! Se você está acima do peso é porque comeu alimentos não tão nutritivos (alimentos são energia pura) e mandou a informação (nutrientes) para suas células desses alimentos, que geraram células de gorduras… E por aí vai! Então, o poder de manipular toda a energia e informação está nas suas mãos cara (o) amiga (o)! Não adianta dar uma de vítima e colocar na conta dos outros não! Tenha responsabilidade por seus atos!

      Potencialize ainda mais seu poder e consciência: observe como seus atos, pensamentos e palavras afetam tudo e todos ao seu redor! A energia que você emana interfere grandemente no seu meio-ambiente (casa, trabalho, círculo de amigos). Suas palavras podem gerar situações maravilhosas ou iniciar um crise terrível dentro de você e dentro dos outros! Suas ações (da menor possível, tipo deixar a luz ligada do quarto sem necessidade), mais dia menos dia, vão resultar em reações (conta de luz mais cara). Com isso, lembre-se: pensamentos, ações e palavras de amor geram poder, energia, informação e reações de amor, e vice-versa… A escolha é sua!

      Jamais se sinta vítima ou fraca (o): observe o seu poder de influência (principalmente influência sobre você mesmo) e use ele para o seu bem e o bem dos demais (potencializando ainda a lei do dar e receber, que já falei antes!). Acima de tudo, tenha a famosa frase de Gandhi como base sustentadora de tudo o que eu falei: “Seja a mudança que você quer ver no mundo”. Use seu poder para mudar aquilo que você quer, começando por você! Acredite! Para ilustrar ainda mais meu texto, sugiro um ótimo filme (o livro, afirmam fontes seguras, é ainda melhor): Poder Além da Vida. Assista e expanda sua consciência! Beijo no coração e Namastê!

Pequenas atitudes pra salvar o planeta

28 jun
Quando o assunto é proteção ao meio ambiente, logo vem à cabeça os eco-chatos de plantão, pedindo para fazer coisas impraticáveis na correria cotidiana. Muita gente gostaria de fazer sua parte para ajudar o planeta, mas não sabe nem por onde começar e tem pouco acesso a informações sobre o tema. Sem contar a preguiça de mudar padrões de comportamento. Eu mesma me encaixo nesta categoria. 
 
Há cerca de três anos comecei a me preocupar seriamente com o rumo que nosso planeta está tomando. E comecei a pesquisar o que eu poderia fazer para ajudar a mudar esse panorama. Claro que de início, como boa sagitariana, sonhei alto, arquitetei grandes projetos. Quis montar uma ONG, ajudar cooperativas, etc. Mas a realidade é outra: não tenho tempo nem de fazer meu exercício físico semanal imagine criar um ONG. Pensei em implantar a separação de lixo reciclável em casa, mas descobri que não existe coleta seletiva na minha cidade e as empresas privadas que fazem esse tipo de serviço só coletam acima de 100kg. Oi? Como é que eu armazeno tudo isso de lixo na minha casa? Inviável. Depois aboli as sacolinhas plásticas da minha vida. Eu e minhas ecobagas éramos melhores amigas. E então precisei começar a comprar o dobro – ou triplo-  de sacos de lixo. O que ao final, dava na mesma que usar as sacolinhas. O que fazer então?
 
Sem grandes pretensões, pois estou longe de ser especialista no assunto, decidi pesquisar e começar devagarzinho,  com as pequenas coisas, que ao final fazem grande diferença. Pensando nisso resolvi postar aqui sete atitudes simples, que podem ser seguidas com facilidade por qualquer pessoa que tenha um mínimo de boa vontade. Vamos lá:
 
TROCAR LÂMPADAS CONVENCIONAIS POR FLUORESCENTES . Essa é a melhor dica, porque além de economizar energia para o mundo ( uma lâmpada flurescente gasta até 75% menos que a convencional) consequentemente economiza-se dinheiro!  Os decoradores torcem o nariz para esse tipo de iluminação, mas atualmente já é possível encontrar lâmpadas eficientes com luz amarela, mais agradável para ambientes como salas e quartos. Não precisa trocar da casa inteira, mas dá pra trocar de abajures, área externa, banheiros, cozinha, etc. Você estará fazendo a diferença!
 
REUTILIZAR A ÁGUA DA MÁQUINA DE LAVAR. Essa também é fácil, fácil. É só pedir para a pessoa limpa sua casa ( ou você) armazenar a água em baldes e utilizar para lavar o chão da casa ou apartamento.
 
PROIBIR O USO DE MANGUEIRA COMO VASSOURA .  Você ainda não fez isso? Vassoura existe pra quê minha amiga? Pra varrer. A mangueira deve ser usada apenas APÓS o local ter sido varrido, para jogar água. Sinceramente, eu quase tenho um infarto cada vez que vejo uma doméstica esguichando água nas calçadas. Dói meu coração. Não dói o seu?
 
RACIONAR O USO DE SACOLINHAS PLÁSTICAS.  O segredo aqui é evitar o desnecessário e reutilizar. Hoje procuro só pegar sacolinhas no supermercado e depois reutilizo como saco de lixo. Em todos os outros lugares, levo o que consigo carregar sem sacola, dentro da bolsa ou numa dessas eco bags que existem por aí. Exemplo: comprou remédio na farmácia? Cabe na bolsa? Dispense a sacolinha.
 
FECHAR A TORNEIRA ENQUANTO ESCOVA OS DENTES. Parece ridículo, mas uma torneira aberta desperdiça de 10 a 12 litros por minuto!  
 
EVITAR TOMAR BANHO QUENTE EM HORÁRIOS DE PICO. Pois é, energia elétrica também tem hora de rush, das 18h às 20h30, que é quando todo mundo resolve usar o chuveiro ao memo tempo, causando um “congestionamento” no fornecimento de energia.
%d blogueiros gostam disto: